Notícias

COM DISTANCIAMENTO E ATIVIDADES REMOTAS, ALMG REDUZ GASTOS EM ABRIL

COM DISTANCIAMENTO E ATIVIDADES REMOTAS, ALMG REDUZ GASTOS EM ABRIL

Com o distanciamento social devido a pandemia, muitas atividades da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) estão sendo realizadas de forma remota, o que resultou em uma economia para os cofres da Casa em abril. Despesas inerentes ao exercício do mandato e o pagamento do auxílio-moradia aos deputados foram os principais gastos reduzidos.

Conforme o Portal da Transparência da Casa, em março foram gastos R$ 1.502.263,64 com atividades ligadas ao mandato dos parlamentares estaduais e mais R$ 86.727,46 com o benefício para moradia. Enquanto que em abril, após a ALMG suspender parte das atividades, as despesas caíram para R$ 1.362.577,43 e  R$ 68.344,59 respectivamente. o que representa uma economia de R$ 158.069,08 para os cofres do Legislativo. 

O auxílio-moradia é no valor de até R$ 4.377,73, apenas deputados que não possuem imóvel em Belo Horizonte ou que não possuíram imóvel na cidade um ano antes do mandato têm direito ao benefício. Até abril deste ano, foram gastos cerca de R$ 5,9 milhões com auxílio-moradia e despesas do mandato. Somando os vencimentos dos parlamentares, as despesas sobem para R$ 13,7 milhões.

Como as sessões são realizadas de maneira virtual, os deputados podem participar da sua cidade de origem, minimizando deslocamentos e permanência na capital mineira. O que justifica a queda no reembolso para aluguel e hospedagem. Além dessas reduções, a  execução orçamentária geral da Casa também foi menor no mês de abril em relação a março. O total caiu de R$ 112,1 milhões para R$ 98,2 milhões em abril, quase 14%. 

Fonte: O Tempo 

COM DISTANCIAMENTO E ATIVIDADES REMOTAS, ALMG REDUZ GASTOS EM ABRIL
Clique para Comentar

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS

To Top