novidades-oportavoz-opznews
Notícias

FAKE NEWS: COMO IDENTIFICAR SE UM CONTEÚDO É VERDADEIRO OU FALSO?

FAKE NEWS: COMO IDENTIFICAR SE UM CONTEÚDO É VERDADEIRO OU FALSO?

O fenômeno das fake news, embora tenha se popularizado nos últimos anos, não é algo recente. Antes mesmo de existir imprensa, as informações falsas e  os boatos, circulavam nos meios sociais da época. De acordo com o dicionário Merriam-Webster, essa expressão é usada desde o final do século XIX. Em português, o termo significa literalmente notícias falsas, mas é entendido em todo o mundo como informações falsas que são publicadas, principalmente, em redes sociais.

As notícias falsas são danosas para o debate público e não afetam somente a vida política. Segundo o portal Uol, no começo deste ano, centenas de pessoas morreram no Irã por consumirem metanol tóxico acreditando que o produto poderia curar a covid-19. O boato surgiu nas redes sociais e dizia que ingerir álcool poderia matar o vírus no organismo. Em países muçulmanos o consumo de bebida alcoólica é proibido, o que levou os iranianos a consumirem metanol, tóxico à saúde. 

Em 2014, no Guarujá, uma mulher foi confundida com um retrato falado que circulava nas redes de uma suposta sequestradora de crianças que sacrificaria as vítimas em rituais ocultistas, ela foi linchada em praça pública e morreu dois dias após as agressões, conforme o G1. O retrato falado era de um crime ocorrido em 2012 no Rio de Janeiro. Isto é, uma imagem tirada de um contexto original para promover uma mentira dois anos depois e que culminou em um crime brutal contra uma inocente. 

Como identificar um conteúdo é falso?

Com a falta de mecanismos de controle e uma legislação específica sobre o tema, o trabalho de identificar o que é falso e o que é verdadeiro na internet se torna um pouco mais difícil, mas não é impossível. Existe uma série de procedimentos muito úteis para confirmar a veracidade de uma informação, separamos alguns deles: 

  1. Veículos

Existem diversos sites, blogs e canais especializados em espalhar notícias falsas. Por isso, ao compartilhar uma informação, observe o prestígio,história e reputação do veículo junto à opinião pública, a periodicidade de suas publicações, se as informações daquele veículo também foram publicadas em outros. Basta comparar. 

  1. Títulos

Normalmente títulos apelativos ou polêmicos raramente correspondem ao fato em . Ao perceber um viés sensacionalista em uma publicação, procure pelas palavras chaves. Ex: “Suco de beterraba ajuda a combater coronavírus”. Procure nos buscadores: suco de beterraba, coronavírus. Depois desse passo, todas as publicações relacionadas vão aparecer para o usuário, possibilitando identificar se o conteúdo é falso ou verdadeiro.

  1. Data 

Muitas vezes, informações antigas são republicadas nas redes sociais e retiradas totalmente do contexto, como vimos no caso de Guarujá. Por isso, ao abrir uma notícia verifique também a data em que ela foi publicada. 

  1. Autoria

A maioria dos veículos de comunicação contam com jornalistas ou profissionais especializados em determinados assuntos que atualizam suas plataformas. Os veículos independentes, mesmo não tendo esse tipo de profissional, também podem trazer informações de qualidade para a população. 

Mas há alguns domínios que são administrados por perfis falsos e é aí que o cuidado deve ser redobrado. Observe se há a assinatura de alguém, busque o nome nas redes sociais ou em plataformas de buscas como Google e Youtube, por exemplo. Caso não encontre, observe se o veículo possui um expediente com contatos: telefone, e-mail, horário de atendimento, etc. 

  1. Ortografia

A boa escrita é uma característica que confere maior confiabilidade às informações publicadas na internet. Mesmo assim, alguns veículos, inclusive os mais renomados do país, às vez apresentam erros pontuais de grafia. O problema é quando os veículos não obedecem à norma da língua portuguesa em todas ou na maioria de suas publicações. Somada aos outros itens, a ortografia também pode apontar para a confiabilidade do veículo. 

  1. Informação x Opinião

Existe diferença entre opinião e informação. Conteúdos informativos normalmente são embasados em dados, fatos, acontecimentos, locais, datas e fontes, na maioria das vezes esses elementos aparecem em notícias e reportagens. Já os conteúdos opinativos, embora possam se valer de alguns desses recursos, normalmente apresentam a visão de uma pessoa ou de um grupo em relação a determinado assunto. 

O ideal é conferir se aquela opinião de fato condiz com a realidade dos fatos. Quem está emitindo ela, por que está dissertando sobre, onde está sendo veiculado, se há a possibilidade de contraditório, isso é, se existe alguém que discorda e quais os motivos. Em veículos de grande credibilidade esse tipo de conteúdo é publicado em um espaço próprio, no formato de artigo, crônica, editorial, crítica, ensaio, charge, entre outros. 

  1. Ferramentas de checagem

Além de todos essas dicas, existem algumas plataformas que facilitam o trabalho de checagem de fatos e informações. No Brasil, as mais conhecidas são a Agência Lupa, Truco (Agência Publica), E-farsas e Boatos.org. Mas e aquele áudio, vídeo ou meme? Repita o mesmo processo do ítem 2: busque pelas palavras chave.

Também é possível verificar se uma imagem já foi utilizada antes. Salve a foto e jogue na Busca Reversa do Google ou em sites como o TinEye. Assim é possível identificar, a data do material, o local do ocorrido e outras informações a respeito. 

O Porta Voz e TV OPZ, sinônimos de credibilidade

O Porta Voz é um site de notícias de Campo Belo e região. Todo o material que publicamos é respaldado nos critérios mencionados para levar informação de qualidade à população. Contamos com a produtora de conteúdo TV OPZ para oferecer os mais diversos serviços em divulgação na internet, inclusive produção de lives artísticas e materiais para campanha política. Conheça mais o nosso trabalho:

Fique bem informado com as nossas notícias. Acompanhe nossas redes socias:

Facebook
Instagram
YouTube
Whats App

FAKE NEWS: COMO IDENTIFICAR SE UM CONTEÚDO É VERDADEIRO OU FALSO?
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Vistos

To Top