Campo Belo

DR. ÁLISSON DESISTE DE REELEIÇÃO, ADALBERTO DEVE ASSUMIR CABEÇA DE CHAPA

DR. ÁLISSON DESISTE DE REELEIÇÃO, ADALBERTO DEVE ASSUMIR CABEÇA DE CHAPA

O cenário político das eleições municipais mudou em Campo Belo nesta segunda-feira, 05. Isso porque, o atual-prefeito, Dr. Alisson de Assis Carvalho, desistiu de tentar se reeleger para o cargo pelo partido Democratas (Dem). A decisão foi anunciada em vídeo no perfil no Facebook do político; o mandatário informou que a escolha de sair do pleito se deve a motivos familiares.

Dr. Alisson de Assis Carvalho

“Nesse momento de política, coloquei meu nome à disposição e, infelizmente, retiro hoje o meu nome como candidato a prefeito para os próximos quatro anos. Com muita tristeza e amargura. Já tínhamos iniciado a campanha, colocado algumas coisas nas mídias sociais. Mas vou me pautar pela coerência que sempre tive, vou respeitar minha família, por problemas nossos, que todo mundo tem, mas o respeito em família é primordial.

Vou terminar o meu mandato, eleito há quatro anos, com dignidade, honestidade, humildade, respeito e gratidão. Principalmente ao povo de Campo Belo, aos nossos vereadores e à nossa equipe de trabalho, a todo mundo. Até 31 de dezembro, eu vou estar empenhado em sempre cuidar de Campo Belo, de cuidar da saúde do povo. A minha profissão de ser médico me fala mais alto essa obrigação de cuidar sempre da saúde”, disse.

Apesar do anúncio, no site do Tribunal Superior Eleitoral o registro ainda continua da forma que estava. Com a decisão, o vice Adalberto Lopes, do Movimento Decrático Brasileiro (MDB), deve assumir a candidatura de prefeito, mas não há nada confirmado ainda. Além do Dem e do MDB, fazem parte da coligação as siglas: Partido Liberal (PL); Partido Social Liberal (PSL); Partido da Mobilização Nacional (PMN) e Solidariedade. Os partidos devem se reunir para definir quem serão os candidatos ao Executivo de Campo Belo.

Nestas eleições, a prefeitura de Campo Belo também está sendo disputada por outras quatro candidaturas: Thomás Cambraia e Tarcísio Cambraia pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB); Cristopher Mendonça e Cristina Cardoso, pelo Cidadania; Ramom Moreira e Alan Cassiano, pela coligação Avante/ Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Wanderly Bastos e Daniel Édson pelo Partido Socialismo e Liberdade (Psol).

Fique bem informado com as nossas notícias. Acompanhe nossas redes socias:

Facebook
Instagram
YouTube
Whats App

DR. ÁLISSON DESISTE DE REELEIÇÃO, ADALBERTO DEVE ASSUMIR CABEÇA DE CHAPA
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Vistos

To Top