Notícias

REVISTA DETALHA ASSÉDIO SEXUAL DE DIRETOR DA GLOBO CONTRA DANI CALABRESA

REVISTA DETALHA ASSÉDIO SEXUAL DE DIRETOR DA GLOBO CONTRA DANI CALABRESA

A Revista Piauí publicou uma reportagem nesta sexta-feira, 04, revelando detalhes de assédio sexual praticados pelo ex-diretor de humor da Rede Globo, Marcius Melhem contra  Dani Calabresa  e outras vítimas que denunciaram a violência ao final de 2019, levando à demissão do humorista em agosto deste ano. A revista ouviu 43 pessoas, em conversas presenciais, virtuais ou por meio da troca de mensagens de texto ou áudio.

Entre as fontes da publicação estão duas vítimas de assédio sexual de Marcius Melhem, sete vítimas de assédio moral e três vítimas dos dois tipos. Por motivos diversos, como evitar atritos com a Globo, prejuízos às suas carreiras profissionais e até ações judiciais, a maioria das vítimas só deu entrevista com a condição de anonimato.  No caso das vítimas de assédio sexual, em particular, a principal razão para não citar nomes é a ojeriza de reviver publicamente a dor e o constrangimento pelos quais passaram.

Assédio sexual

Segundo a Revista, Dani Calabresa teve até trabalhos barrados na Globo em 2015, quando Melhem vetou sua participação em um programa dominical dirigido por Miguel Falabella. Mas o que desencadeou as denúncias teria sido um caso ocorrido em uma festa de comemoração aos 100 episódios do Zorra, ao final de 2017. Após gravação, parte do elenco foi até um bar e em um dado momento, Dani subiu ao palco com outros colegas da equipe e Melhem insistia em uma aproximação com ela.

Na ocasião, o chefe da humorista tentou beijá-la, mas sem sucesso. Depois teria ido ao banheiro, tentado agarrá-la e roçado o pênis nas mãos e nos quadris da artista. Dani teria sofrido outros assédios do ex-diretor, ao longo dos anos seguintes. Testemunhas entrevistadas pela Piauí, disseram ter vivido situações parecidas com a de Dani também, como ser agarradas nos corredores da emissora e receber visitas inesperadas do acusado.  

Outros assédios praticados por Melhem

Em função das situações que viveu, em 2019, a ex-MTV pediu demissão do Zorra, alegando que decidiu deixar o programa por decepções profissionais com o núcleo de humor da Globo. Ela tentava emplacar um formato nos moldes do extinto Furo MTV -programa protagonizado por ela e Bento Ribeiro, antes da artista ir para a Globo- mas houve problemas com Melhem.

O clima na Globo ficou insustentável depois que o jornalista Leo Dias publicou uma nota revelando outros nomes de atrizes assediadas por Melhem. Com a denúncia de Dani Calabresa, outras cinco artistas tomaram coragem de explicitar as violências à Globo, conforme a Revista Piauí. No último mês de agosto, Melhem foi dispensado da emissora, após meses afastado, alegando motivos pessoais. A demissão ocorreu, porém, depois das denúncias feitas por Dani Calabresa e Maria Clara Gueiros, no fim de 2019.

REVISTA DETALHA ASSÉDIO SEXUAL DE DIRETOR DA GLOBO CONTRA DANI CALABRESA
Clique para Comentar

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS

To Top