Notícias

CAMPO BELO SEGUIRÁ PLANO NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

CAMPO BELO SEGUIRÁ PLANO NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

A Prefeitura de Campo Belo organizou na manhã desta quinta-feira, 17, um café da manhã com a imprensa para fazer um balanço dos últimos quatro anos de gestão e apresentar algumas metas e ações já para o começo do segundo mandato, que se inicia em primeiro de janeiro. Uma delas é a imunização contra o coronavírus que, segundo o Executivo Municipal, seguirá o Plano Nacional de Vacinação Contra a Covid-19.

De acordo com o secretário de Saúde, José Assunção, o projeto de vacinação é nacional, mas algumas prefeituras estão fazendo uma carta de intenção para a compra de vacina do instituto Butantan; o que não é permitido pelo Ministério da Saúde e nem pela Secretaria Estadual. Conforme Assunção, na sexta-feira, 18, haverá uma live com o Governo Estadual  para explicar como será a distribuição da vacina, o secretário também enfatiza que nós temos que seguir todo o calendário do Ministério da Saúde, assim como foi com outras vacinas. 

“O município não precisa de ter nenhuma despesa comprando vacina porque a dificuldade é muito grande, essa distribuição é em todo Brasil. A gente aqui  tem um órgão controlador muito forte, que é a Anvisa, que analisa muitos critérios para poder liberar a vacina. Eu acredito que no mais tardar no início de fevereiro começa a vacinação naqueles critérios estabelecidos, dos sujeitos que serão alvo da vacina inicialmente. Todo programa de imunização é  federal; o Governo Federal passa para os estados e os estados para o município, sempre foi assim”. 

O prefeito Dr. Alisson de Assis Carvalho usou um ditado popular para se referir ao processo de vacinação, ressaltou que não “adianta passar o carro na frente dos bois”, porque não sabemos qual vacina será a mais eficiente e qual será aprovada pelo Governo Federal, por isso temos que seguir o plano nacional. “Vamos torcer para que essa vacina e esse Plano Nacional de Imunização dê certo. Que seja a da Pfizer, que seja a CoronaVac ou a Sputnik, qualquer vacina. Mas que seja útil, que seja benéfica a todos os brasileiros”. 

“Ainda hoje, fomos questionados por que ainda não compramos a vacina. Por quê vamos seguir as normas do Ministério da Saúde, que é o Plano Nacional de Imunização. Sabemos que há uma briga política, infelizmente. Mas vamos torcer para que a vacina chegue logo, que o coronavírus cesse e a vida volte ao normal. A gente sabe que não vai ser aquele normal de março de 2020, mas que seja um normal diferente, que a gente possa dar continuidade a muitos trabalhos”, pontuou o mandatário de Campo Belo. 

A íntegra da coletiva está disponível no canal da TV OPZ.

CAMPO BELO SEGUIRÁ PLANO NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19
Clique para Comentar

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS

To Top