Cinco percursos pedestres em Portugal que não pode deixar de visitar

Portugal sempre esteve dividido entre o mar e a serra, com paisagens que deixam qualquer um maravilhado. Os caminhos pedonais permitem ver e apreciar esta paisagem de perto. Por isso, use sapatos confortáveis ​​e leve consigo uma garrafa de água e umas barras energéticas, porque depois de ler este artigo vai querer partir à aventura

Passadiços do Paiva – Arouca, Aveiro

Dificuldade – Difícil

http://www.passadicosdopaiva.pt/en

Os Passadiços do Paiva são provavelmente os mais conhecidos em Portugal. Com uma extensão de oito quilómetros e setecentos metros, os passadiços fazem parte do Geopark de Arouca, no distrito de Aveiro. Ao longo do trilho, caminha-se entre Espiunca e Areinho. Os caminhantes serão acompanhados pela frescura trazida pelo Rio Paiva. O percurso não é circular, pelo que pode caminhar nos dois sentidos, o que for mais conveniente para o caminhante. Através do passadiço, há acesso a três praias fluviais, bem como telefones SOS para os caminhantes em caso de qualquer tipo de acidente pelo caminho. Ao longo do caminho, avistam-se rochas escarpadas, além de várias cachoeiras. Para aceder aos passadiços, aconselha-se a compra de bilhete, com o custo de 1€, online. As reservas podem ser feitas para grupos ou indivíduos.

Trilho dos Pescadores – Costa Vicentina

Dificuldade – Difícil

https://rotavicentina.com/en/walking/fishermens-trail/

Este percurso pedestre totaliza 226,5 quilómetros, divididos em 13 etapas. O caminho percorre toda a Costa Vicentina. Os caminhantes ficarão deslumbrados com toda a beleza da Costa Vicentina. As etapas começam em São Torpes, no distrito de Setúbal, e podem seguir até Lagos, no Algarve. Claro que o objetivo não é completar a trilha em um único dia. Aconselha-se fazer uma etapa por dia, passando assim 13 dias a caminhar enquanto contempla a beleza costeira da Costa Vicentina. No site oficial da Rota Vicentina estão detalhadas todas as etapas do Trilho do Pescador, que tem o seu nome derivado da atividade piscatória existente na zona. As trilhas não são recomendadas para quem sofre de vertigem ou medo de altura.

READ  O casal ficou encantado no aeroporto do Faraó

Trilhos da Aldeia Histórica do Piódo – Arganil, Coimbatore

Dificuldade – Fácil

Situado numa das aldeias mais antigas de Portugal, este trilho, com cerca de sete quilómetros, caracteriza-se por um circuito circular entre o Piódo. Neste percurso, os caminhantes poderão apreciar a arquitetura das aldeias de xisto da região Centro de Portugal. Percorrem-se caminhos de pedra, sobem-se e descem-se escadas num caminho que tem, acima de tudo, tranquilidade para oferecer. Em Piódo pode ainda desfrutar de um licor regional, bem como visitar outros pontos de interesse da pequena vila de Piódo.

Trilha do Vinho do Porto – Lamego, Viseu

Dificuldade – Média

Esta é novamente uma rota circular de cerca de oito quilômetros. Embora possa ser visitada durante todo o ano, é no outono que os caminhantes podem deliciar-se com as cores da estação no Alto Douro. Em 2001, a região foi considerada patrimônio mundial pela UNESCO. O percurso desce até encontrar uma das margens do rio, a partir daí fará o resto do caminho pela vegetação e outros caminhos escondidos que certamente impressionarão quem por lá passar. O ponto de partida e chegada deve ser a vila de Samodães. A trilha não deve ser feita em dia de chuva, pois em algumas áreas o piso pode ficar escorregadio.

Rota do Javali – Manteigas, Guarda

Dificuldade – Média

Neste percurso que totaliza 11 quilómetros, também em percurso circular, a fauna e a flora são um dos pontos a apreciar. Com várias espécies autóctones, este percurso, para além de ter uma vista panorâmica de obras feitas pelo homem, é um caminho por onde passará pela floresta, podendo ainda ver algumas aves de rapina. O ponto que mais chama a atenção de quem percorre esta trilha é o Poço do Inferno, uma cachoeira que deságua em uma piscina natural.

READ  Portugal aposta no top 10 da União Europeia

Todas essas rotas estão localizadas em áreas naturais que devem ser preservadas. É importante, ao caminhar, preservar os espaços ambientais para proteger a fauna e a flora que habitam esses espaços. Como tal, é sempre aconselhável não fumar durante a viagem, bem como não depositar lixo no chão.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
O Porta Voz