Estado de calamidade declarado para a Serra da Estrela

Na conferência de imprensa que se seguiu à reunião do Conselho de Ministros realizada em Lisboa, a Ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, anunciou ainda que o levantamento dos danos causados ​​por este incêndio será realizado no prazo de 15 dias, em processo que se estenderá a outros municípios do país onde “mais de 4.500 hectares ou 10% de sua área” arderam em 2022.

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) considerou o maior incêndio da Serra da Estrela o mais extenso até agora registado desde o de Pedrógão Grande, em 2017.

O incêndio começou a 6 de agosto em Garrocho (Covilhã) e durou 11 dias na Estrela, estendendo-se aos concelhos de Manteigas, Gouveia, Guarda, Celorico da Beira e Belmonte.

Em nota de imprensa enviada à Lusa, o ICNF indicou que a região da Serra da Estrela foi afetada, desde julho, por um conjunto de cinco grandes incêndios rurais que atingiram um total de 28.112 hectares, dos quais 22.065 pertencem ao PNSE.

A declaração de situação de calamidade corresponde ao nível mais grave de resposta a uma situação de calamidade ou catástrofe previsto na Lei de Bases da Protecção Civil.

Na sequência dos incêndios de Pedrógão Grande em 2017, o Governo lançou também um Programa de Revitalização do Pinhal Interior.

READ  As 30 Melhores Críticas De espatula inox Com Comparação Em

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
O Porta Voz