Polícia busca equipas em operações antidopagem antes do início da Volta a Portugal

“], “filter”: { “nextExceptions”: “img, blockquote, div”, “nextContainsExceptions”: “img, blockquote”} }”>

Não perca um momento de Paris-Roubaix e Unbound Gravel, ao Giro d’Italia, Tour de France, Vuelta a España e tudo mais quando você >”,”name”:”in-content-cta”, “type”:”link”}}”>entrar no Outside+.

Dois dias antes do início da quinta-feira Volta a Portugala polícia efetuou na terça-feira operações em relação a suspeitas de doping por esquadrões portugueses.

Conforme relatado por JN.pt, três equipes foram alvo, entre elas a Rádio Popular-Paredes-Boavista, a Efapel Ciclismo e a Glassdrive-Q8-Anicolor. Cada uma delas são equipes continentais registradas na UCI e deveriam participar da turnê nacional.

Glassdrive-Q8-Anicolor confirmou que as buscas foram realizadas, mas, de acordo com JN.ptinsistiu que “nada foi encontrado”.

A Efapel Ciclismo disse ainda que a polícia visitou as casas dos seus ciclistas e que será emitido um comunicado pela equipa em relação à operação.

Quanto à Rádio Popular-Paredes-Boavista, afirmou na terça-feira que desconhecia nada.

A notícia segue-se à decisão da UCI, na passada quarta-feira, de suspender a licença de outro plantel português, o W52-FC Porto.

Este esquadrão levantou as sobrancelhas dentro do esporte, devido às altas performances e velocidades de escalada que às vezes igualavam os pilotos do WorldTour.

Venceu as últimas sete edições do Tour de Portugal, mas teve as vitórias de 2017 e 2018 de Raúl Alarcón retiradas depois de ter sido considerado culpado de doping.

O piloto espanhol foi destituído de 19 vitórias em março de 2021 devido ao doping e está suspenso até outubro de 2023.

Em abril deste ano, 12 pilotos da equipe foram feitos suspeitos formais em uma investigação de doping. Em julho, oito pilotos e dois mecânicos foram suspensos por 120 dias pela Autoridade Antidoping de Portugal.

READ  As 30 Melhores Críticas De memoria ram Com Comparação Em

A UCI tomou então a decisão de revogar a licença da equipa, bloqueando-a assim da Volta a Portugal e de outras provas.

A polícia negou ter feito prisões em relação às últimas buscas. Resta saber se a sua participação no Tour de Portugal será afetada pelos ataques.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
O Porta Voz