Porto venceu o Tondela por 3-0 na Supertaça de Portugal

O Porto acrescentou mais um troféu ao gabinete após uma vitória rotineira por 3-0 sobre o Tondela na Supertaça. Mehdi Taremi e Evanilson marcaram em três minutos para estabelecer uma vantagem de 2-0 no intervalo, Taremi fez dois gols aos 82 minutos para encerrar uma disputa unilateral.

Danny Loader teve uma rara largada pelos Dragões, mas foi continuamente negado por Babacar Niasse, que manteve o placar respeitável. A nova contratação Gabriel Veron foi um substituto tardio e cabeceou ao lado na última chance do jogo.

Sérgio Conceição atingiu um marco significativo em Aveiro, conquistando o seu oitavo troféu ao serviço do FC Porto, superando Artur Jorge que conquistou sete títulos entre 1985 e 1991.

Tondela com duas oportunidades iniciais

Tondela teve a primeira oportunidade da partida quando Pepe derrubou Bebeto fora da área de 18 jardas. Telmo Arcanjo provocou o livre direto para a área de perigo, mas nenhum destinatário apareceu.

O Porto não demorou a mostrar a sua força com Danny Loader na linha da frente. O seu primeiro remate foi desviado ao lado por Mehdi Taremi, o segundo de cabeça de um canto que viu Babacar Niasse mergulhar a toda a extensão e derrubá-lo ao lado.

Arcanjo disparou um chute fraco em Agustín Marchesín, que foi o mais perto que Tondela chegou do goleiro argentino para o resto da partida.

Sérgio Conceição não perdeu tempo em continuar a sua batalha com os árbitros, Manuel Mota marcou o treinador principal por dissidência aos 8 minutos.

Niasse estava se tornando uma figura chave no jogo, saindo de sua linha para impedir Evanilson, que havia sido liberado por uma cabeçada inteligente de Taremi.

O padrão da partida estava firmemente estabelecido com o Porto monopolizando a posse de bola e o Tondela continuamente na zaga. Mateus Uribe atirou direto para Niasse, que estava na mão minutos depois, desviando o chute de Loader à queima-roupa por cima da barra.

READ  "Em 3 ou 4 anos, a nossa produção portuguesa de abacate ultrapassará os 10 milhões de quilos"

Resistência quebrada

O Porto abriu o placar no escanteio seguinte aos 30 minutos. O remate de João Mário foi desviado para o segundo poste por Evanilson, Taremi desmarcado e apresentado com um remate simples.

Três minutos depois estava 2-0 com a força de ataque do Porto a combinar mais uma vez. Taremi disparou pela defesa de Tondela, o seu remate desviou em Niasse para o poste, a bola voltou ao jogo onde Evanilson foi o mais rápido a reagir e a marcar à queima-roupa.

João Mário estava com bastante espaço na ala direita, Naoufel Khacef mostrando sua frustração com uma entrada esmagadora que lhe valeu o cartão amarelo.

O duelo pessoal de Loader com Niasse não dava sinais de parar, com o avançado inglês de 21 anos a conseguir apurar-se, mas incapaz de bater o remate de Tondela à beira do intervalo.

Evanilson abriu caminho para Toni Martínez no intervalo, com o Porto mantendo a pressão. Loader atirou ao lado aos 50 minutos com o gol à sua mercê, depois que uma defesa hesitante lhe deu outra chance.

A partida se tornou um assunto tedioso depois disso, desacelerado por cartões amarelos com chances difíceis de surgir. Conceição fez duas trocas aos 70 minutos, com Marko Grujic e Loader abrindo caminho para Stephen Eustáquio e Galeno.

Taremi em dobro

O Porto continuou a sondar sem conseguir criar oportunidades até aos 82 minutos, quando Taremi fez o 3-0. Foi mais uma corrida solo do atacante iraniano, passeando por uma defesa inexistente, Niassss pegando a mão em seu chute, mas incapaz de impedir que a bola chegasse à rede.

Conceição fez duas mudanças finais aos 87 minutos, Aquino deu lugar a Bruno Costa e Taremi foi substituído pelo reforço de verão Gabriel Veron.

READ  As 30 Melhores Críticas De encontro marcado Com Comparação Em

Galeno perdeu por pouco o canto superior de longe nos descontos, Veron teve a última chance do jogo com seu cabeceamento ao lado.

O plantel do Porto a ganhar forma

Três jogadores importantes deixaram o Porto na pré-temporada, com Chancel Mbemba indo para o Marselha a custo zero, Vitinha para o Paris Saint-Germain por 41,50 milhões de euros e Fábio Vieira vendido para o Arsenal por 35 milhões de euros.

O clube reforçou a defesa central com a transferência de dois jovens de 22 anos para o Estádio do Dragão, 20 milhões de euros gastos em David Carmo do Braga e 550 mil euros por João Marcelo do Tombense na Série B brasileira.

Dois médios emprestados na época passada tornaram-se contratações definitivas, Marko Grujic do Liverpool por 9 milhões de euros e Paços de Ferreira vendendo Stephen Eustaquio por 3,5 milhões de euros. O atacante brasileiro Gabriel Veron, de 19 anos, foi contratado do Palmeiras por € 10,50 milhões.

Manafa foi o único jogador lesionado na Supertaça com Diogo Costa, David Carmo, Fábio Cardoso e Otávio suspensos.

Cinco jogadores foram promovidos da equipe B; o lateral-direito Rodrigo Conceição, os meio-campistas Bernardo Folha, Vasco Sousa, o ala Gonçalo Borges e o atacante Danny Loader.

Loader é o candidato óbvio para ver mais tempo de jogo nesta temporada. Evanilson e Mehdi Taremi tiveram duas temporadas para desenvolver um entendimento e vão aterrorizar as defesas na Primeira Liga.

Tondela voltando ao básico

O rebaixamento do Tondela combinado com preocupações financeiras significa que ele está de volta ao básico e com foco nos jovens.

Nove jogadores emprestados regressaram aos seus clubes, terminando o contrato de João Pedro com o guarda-redes Pedro Trigueira e o extremo Salvador Agra a sair em transferências gratuitas. O único jogador vendido foi o extremo Juan Manuel Boselli ao Gil Vicente por míseros 50 mil euros.

READ  Vivianne Miedema desfalque Holanda com Portugal após Covid positivo | Euro feminino 2022

Cinco jogadores foram promovidos do time Sub-19 com dois jogadores chegando por empréstimo; O zagueiro Marcelo Alves, de 24 anos, do Madureira-RJ, e o ala Matías Lacava, de 19 anos, do Puerto Cabello.

O ex-jogador do Tondela, António José Marreco Gouveia, é o novo responsável, o inexperiente técnico de 35 anos com o objetivo de levar o clube de volta à Primeira Liga no primeiro pedido.

Por Matthew Marshall

Alinhamentos

Porto (4-3-1-2): Marchesín – João Mário, Pepe, Iván Marcano, Zaidu Sanusi – Mateus Uribe, Marko Grujić (Stephen Eustáquio 70′), Pepê Aquino (Bruno Costa 87′) – Danny Loader (Galeno 70′) – Evanilson (Toni Martínez 46′), Mehdi Taremi (Gabriel Veron 87′)

Substitutos não utilizados: Cláudio Ramos, João Marcelo, Wendell, Gonçalo Borges

Treinador principal: Sérgio Conceição

Tondela (5-4-1): Niasse – Tiago Almeida, Jota Gonçalves (Lacava 80′), Marcelo Alves, Manu Hernando, Khacef (Rafael Barbosa 46′) – Telmo Arcanjo (Cascavel 90′), Iker Undabarrena (Rafael Alcobia 86′), Pedro Augusto, Bebeto – Daniel dos Anjos

Substitutos não utilizados: Philip Tear, Rodrigo Fajardo, Rúben Fonseca, Muhungo, Bruno Santos

Treinador principal: António José Marreco Gouveia

Metas

[1-0] – Taremi 30′

[2-0] – Evanilson 33′

[3-0] – Taremi 82′

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
O Porta Voz