Portugal acolhe a Conferência de Enoturismo 2021

A Organização Mundial do Turismo (OMT), Portugal e a cidade de Reykjav ஸ் s de Montserrat anunciaram as datas da 5ª Conferência Global da OMT sobre Turismo do Álcool.

Seguindo o sucesso das últimas quatro edições, a conferência acontecerá 9 a 10 de setembro de 2021, em Reguengos de Montserrat na região de Allendez, Em colaboração com o Governo Português.

Realizada sob o tema ‘Enoturismo – Um Motor de Desenvolvimento Rural’ em um formato híbrido para receber delegados de todo o mundo, a conferência irá focar na contribuição do Enoturismo para a integração social e econômica regional e seu potencial de crescimento. Oportunidades para locais rurais.

Secretário-geral da OMT, Surab Pololicashvili Diz: “Apoiar o turismo do álcool é mais importante agora do que nunca, e espero que este evento reflita uma oportunidade única para compartilhar experiências enfrentando estes tempos desafiadores e para colocar ambos os setores no centro da recuperação. Benefício para comunidades rurais. Obrigado pelo apoio de Portugal no relançamento deste setor. ”

A Ministra de Estado, da Economia e da Transformação Digital, Chisa Vieira, Ponto Pedro, pretende consolidar o país como “um dos principais destinos do enoturismo, um bem estratégico fundamental para Portugal, capaz de atrair turistas altamente qualificados, permitindo inúmeras atracções à ancorar a região e ao longo do ano, contribuindo assim para a sincronização regional e reduzindo a sazonalidade. O desenvolvimento do enoturismo está no centro do plano de recuperação do turismo (reativação do turismo | criando o futuro), mas a dinâmica deste produto também tem um plano de ação específico e dedicado. O referido projecto irá contribuir para a promoção do enoturismo e do vinho, sendo um contributo muito importante para a criação de maior valor e emprego nestas regiões.

Prefeito do município de Reguengos de Montserrat, José Calixto, Diz: “Bem-vindos a todas as ricas regiões vinícolas de Portugal! Reguengos de Montserrat e Allendez são uma área vivida e sentida pelo homem há mais de 9.000 anos. Sentimo-nos honrados por uma tradição única e única, gente muito hospitaleira, vinhos de grande qualidade que fazem parte da nossa identidade e inúmeras actividades de enoturismo de excelência, que permitem experiências inesquecíveis. Queremos compartilhá-los com você! ”.

READ  Covid-19: A variante delta desencadeia novas restrições de viagem em toda a Europa

Desde 2016, a conferência destaca a importância do enoturismo para o desenvolvimento socioeconómico dos locais, e serve de plataforma para troca de experiências, identificação de boas práticas e promoção do enoturismo como ferramenta de desenvolvimento sustentável.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O Porta Voz