Portugal apura-se para o Europeu de Sub-17 em Israel

Portugal venceu os três jogos da Ronda de Elite para se apurar para o Campeonato da Europa de Sub-17 de 2022, em Israel.

A equipa de José Lima venceu a República da Irlanda por 4-1 antes de sair para o final para garantir uma vitória por 2-1 sobre a Bulgária. A Equipa das Quinas ficou para trás aos 2 minutos frente à Finlândia antes de ligar o estilo para garantir uma vitória enfática por 9-1.

O torneio está sendo realizado em Israel, começando em 15 de maio com a final a ser disputada em 1º de junho. O sorteio será realizado no dia 6 de abril.

Portugal 4-1 República da Irlanda

João Veloso disparou um remate imparável no canto superior para dar a Portugal a vantagem aos 18 minutos. O médio do Benfica esteve perto de marcar aos 32 minutos, antes de a equipa de José Lima aumentar a vantagem à beira do intervalo.

O remate de Ussumane Djaló passou por cima da defesa irlandesa, com José Rodrigues a passar por cima de Conor Walsh.

A Irlanda voltou ao jogo aos 72 minutos, quando Portugal não conseguiu limpar e Mark O’Mahony aproveitou. Os visitantes estiveram perto de empatar, mas não conseguiram encontrar o gol e pagaram o preço nos descontos.

João Gonçalves venceu o seu homem e fez um cruzamento que Rodrigo Ribeiro rematou para as redes. Houve tempo para mais um golo, Ivan Lima não falhou de perto após remate de Gustavo Varelas ser defendido.

Portugal 2-1 Bulgária

José Lima fez três alterações, com João Conceição a substituir Leonardo Barroso na lateral-esquerda, Luís Gomes a substituir João Muniz na defesa central e Ivan Lima a iniciar na ala à frente de Afonso Moreira.

READ  Banco central de Portugal abre seus cofres para vislumbre raro de barras de ouro

Não poderia ter começado pior, já que a Bulgária assumiu a liderança com seu primeiro ataque aos 2 minutos. Roberto Iliev Raychev liberou Trung Thanh Nguyen Do, o seu cruzamento encontrou Borislav Marinov que converteu à queima-roupa.

Portugal teve seu trabalho cortado para derrubar um time búlgaro que não tinha sofrido em quatro eliminatórias.

João Veloso esteve perto em duas ocasiões antes de Ivan Lima bater dois defesas, o seu remate muito perto de Alex Bozhev que desviou a bola.

A persistência de Portugal valeu a pena e eles empataram aos 29 minutos. O cruzamento de João Conceico foi desviado por Bozhev, com a bola a cair na perfeição para Ussumane Djalo, que não falhou.

Lima chegou perto menos de um minuto depois, seu chute foi desviado por Bozhev quando Portugal girou o parafuso e impediu a Bulgária de sair do seu próprio meio-campo. Rodrigo Ribeiro acertou a trave antes do intervalo, depois de um ótimo trabalho de Lima.

Portugal continuou a dominar na segunda parte, com José Rodrigues a cabecear por cima do travessão de Lima antes de Djalo e Rodrigues verem os seus remates defendidos.

Gustavo Varela substituiu Rodrigo Ribeiro aos 84 minutos e faria o gol decisivo dois minutos depois. O remate rasteiro de Djalo foi defendido, mas apenas para o avançado do PAOK U19, que reagiu primeiro e finalizou de perto.

Portugal 9-1 Finlândia

José Lima fez três trocas defensivas frente à Finlândia, João Muniz substituindo Luis Gomes na defesa central, Martim Fernandes substituído por Leonardo Barroso e João Conceição trocando de lateral-esquerdo para lateral-direito. João Gonçalves substitui João Veloso por Rodrigo Ribeiro dando lugar a Afonso Moreira na ala.

O hábito de Portugal de sofrer golos aos 2 minutos manteve-se em Viseu. Foi um livre bem trabalhado, Juho Talvitie a desferir um poderoso remate desviado que Diogo Fernandes não conseguiu afastar da baliza.

READ  Portugal está classificado no top 25 das marcas nacionais mais fortes do mundo

Não demorou muito para a equipa de José Lima chegar ao topo e empatou aos 13 minutos. A bola em profundidade de João Gonçalves encontrou Afonso Moreira, cortou para dentro e apertou a bola por baixo de Kalle Kuisma.

Gonçalves colocou Portugal na liderança dois minutos depois, pegando a bola na entrada da área e acertando o canto superior com uma finalização elegante. As oportunidades continuaram a surgir com a vantagem alargada à beira do intervalo, com o cruzamento de Moreira a apontar para José Rodrigues que cabeceou para o fundo das redes.

A sorte da Finlândia mudou drasticamente aos 60 minutos. Ivan Lima foi derrubado pelo zagueiro e capitão Uusitalo Eero, foi expulso e um pênalti foi marcado com José Rodrigues convertendo no canto inferior.

José Lima fez uma tripla substituição, entrando Ussumane Djaló, Afonso Moreira e Ivan Lima dando lugar a João Veloso, Rodrigo Ribeiro e Tiago Andrade. Um minuto depois estava 5 a 1. Tiago Andrade bateu o seu homem, dirigiu-se à linha de fundo e encontrou José Rodrigues que garantiu o seu “hat-trick” à queima-roupa.

As chances continuaram surgindo quando a Finlândia desmoronou completamente nos 15 minutos finais.

Rodrigo Ribeiro foi o centro das atenções e marcou os três gols seguintes. Ele foi escalado por José Rodrigues para o primeiro, fez tudo sozinho para o segundo e finalizou um contra-ataque para completar o seu hat-trick.

Ainda houve tempo para mais um golo, com um canto de João Veloso a encontrar Diogo Monteiro que rematou à queima-roupa. Tiago Andrade esteve perto dos descontos depois de bater dois jogadores na área, o seu remate foi defendido para evitar que Portugal chegasse a dois dígitos.

READ  Os vikings e os seus ratos Stowe conquistaram os Açores portugueses? | Portugal

Portugal tem muito poder de fogo

Portugal não conseguiu manter a baliza limpa na Ronda de Elite, mas muitos jogadores tiveram atuações positivas.

Os médios João Veloso e João Gonçalves fizeram golos imparáveis ​​e José Rodrigues marcou quatro golos, somando-se aos dois na pré-eliminatória.

Os alas foram devastadores por toda parte, Ivan Lima e Rodrigo Ribeiro constantemente assediando as defesas adversárias com Afonso Moreira impressionante contra a Finlândia.

Todos os jogadores que escolhi para assistir após a pré-eliminatória marcaram contra a Finlândia e devem continuar sendo destaque em Israel. João Veloso colocou o seu nome no chapéu depois de duas atuações fortes e o “hat-trick” de Rodrigo Ribeiro em 15 minutos fez quatro golos na Ronda de Elite.

De Matthew Marshall

Pelotão

Benfica: Alfa Baldé, Francisco Machado, Gustavo Varela, Ivan Lima, João Conceição, João Rego, João Veloso, Rafael Luís, Ussumane Djaló

Sporting CP: Afonso Moreira, Francisco Silva, João Muniz, Leonardo Barroso, Rodrigo Ribeiro

Porto: Diogo Fernandes, Luís Gomes, Martim Fernandes, Tiago Andrade

Braga: Afonso Duarte, Diego Rodrigues, João Gonçalves, José Dinis Rodrigues

Servir: Diogo Monteiro

PAOK: Gustavo Varela

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
O Porta Voz