Portugal estende desastre governamental

Lisboa, 23 de Julho O governo português anunciou que a sua maior resposta à emergência nacional, a actual “situação catastrófica”, será prorrogada até 8 de Agosto, quando o país atingir um novo Covit-19 de quatro meses em um único dia e mortes .

Portugal registrou 3.622 novos casos na quinta-feira, o maior desde o início de fevereiro e 16 novas mortes, elevando o total do país para 943.244 e 17.248, informou a agência de notícias Xinhua.

A maior resposta a situações de desastre foi promulgada ao abrigo da Lei da Defesa Civil Portuguesa a 1 de maio, após a qual foi renovada repetidamente.

O governo aumentou o número de municípios de “alto” ou “alto” risco de poluição de 90 para 116, com medidas de controle mais rígidas.

A ministra presidencial, Mariana Vieira da Silva, disse quinta-feira que 47 por cento da população está totalmente vacinada.

O primeiro-ministro Antonio Costa, por sua vez, disse que “só com a mobilização de todos os setores o país pode se recuperar e se reconstruir após a epidemia”.

Aviso de isenção de responsabilidade: esta postagem foi publicada automaticamente a partir do feed da agência, sem alterações no texto e não foi revisada por um autor

Abrir no aplicativo

READ  As 30 Melhores Críticas De mouse dell Com Comparação Em

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O Porta Voz