Brasileiros são os que mais reclamam de discriminação em Portugal

Segundo um relatório do Público, ser brasileiro já tinha sido o fator que motivou mais reclamações em 2020 (96) e o mesmo aconteceu em 2021 (109). Em 2017, ano em que a CICDR começou a relatar, há apenas 18 reclamações de brasileiros.

Segundo as denúncias, o principal motivo é “nacionalidade”, seguido de “cor da pele” e depois “origem racial e étnica”. Os dados também mostram que as mulheres são as mais propensas (45,9%) a denunciar. Outros motivos de discriminação são a “etnia cigana” e a “cor da pele negra”.

Pedro Neto, diretor executivo da Amnistia Internacional Portugal, salienta que a evolução das reclamações acompanha o crescimento da comunidade brasileira em Portugal. “Deve-se levar em conta que a comunidade brasileira é a maior em Portugal [represents 29.3% of
the total number of foreign residents]uma estatística que também contribui para o aumento das reclamações”, destaca.

Entre as áreas com mais denúncias de discriminação, o comércio lidera com 15% das participações.

Do conjunto de denúncias recebidas pela CICDR em 2021, 85 deram origem a 73 contra-ordenações, o que corresponde a 17,9% do total de denúncias recebidas. Ainda não há decisões sobre esses casos.

READ  As 30 Melhores Críticas De dyson Com Comparação Em

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
O Porta Voz