Venda do Chelsea FC pelo bilionário russo-israelense Abramovich é aprovada por Portugal

LISBOA, Portugal – O governo português deu autorização para a venda do Chelsea por Roman Abramovich, que como portador de passaporte português precisava da sua aprovação.

A decisão de Portugal foi anunciada na quinta-feira, um dia depois de o governo britânico aprovar a venda do Chelsea pelo oligarca russo-israelense a um consórcio liderado por um sócio do Los Angeles Dodgers.

O carimbo de Portugal também foi necessário para que o negócio no valor de 2,5 bilhões de libras (US$ 3,1 bilhões) – o preço mais alto de todos os tempos para um time esportivo – fosse concretizado.

“As duas autoridades nacionais competentes, o Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Ministério das Finanças, deram luz verde ao pedido recebido de Roman Abramovich de renúncia humanitária, permitindo que o clube inglês fosse transacionado”, disse o governo português em comunicado. . .

O governo em Lisboa disse que o seu apoio à venda depende “da garantia dada pelas autoridades britânicas de que o produto da venda será usado para fins humanitários, não beneficiando direta ou indiretamente o proprietário do clube, que está na União Europeia. lista de sanções”.

Acrescentou que a sua posição recebeu o apoio da Comissão Europeia.

O magnata russo Roman Abramovich, dono do Chelsea Football Club, da Inglaterra, deixa a corte suprema em Londres para o almoço, segunda-feira, 10 de outubro. 31, 2011. (Foto AP / Sang Tan)

Abramovich ganhou a cidadania portuguesa em 2021 graças a uma lei que oferecia naturalizar os descendentes de judeus sefarditas que foram forçados a deixar a Península Ibérica séculos antes.

READ  A equipa de futebol anuncia os primeiros eventos portugueses da variante Omigron

Abramovich foi sancionado pelas autoridades britânicas e europeias por suas ligações com o presidente russo, Vladimir Putin, após a invasão da Ucrânia. As autoridades britânicas e portuguesas tiveram que garantir que o oligarca não lucraria com a venda forçada do clube.

O proprietário do Chelsea, Roman Abramovich, ao centro, aplaude depois que o Chelsea foi presenteado com o troféu da Premier League após a partida de futebol da Premier League inglesa contra o Sunderland no estádio Stamford Bridge, em Londres, em 24 de maio de 2015. (Foto AP / Matt Dunham, arquivo)

Os ativos de Abramovich foram congelados em março e o Chelsea está operando sob uma licença do governo britânico que expira na terça-feira.

A Premier League inglesa aprovou nesta terça-feira a venda do campeão europeu de 2021.

Os compradores do clube londrino são liderados por Todd Boehly que, além de ser sócio dos Dodgers da MLB, também tem participações minoritárias no Los Angeles Lakers da NBA e no Los Angeles Sparks da WNBA.

Você é um leitor dedicado

É por isso que começamos o Times of Israel há dez anos – para fornecer a leitores perspicazes como você uma cobertura de leitura obrigatória de Israel e do mundo judaico.

Então agora temos um pedido. Ao contrário de outros meios de comunicação, não colocamos um paywall. Mas como o jornalismo que fazemos é caro, convidamos os leitores para quem o The Times of Israel se tornou importante para ajudar a apoiar nosso trabalho juntando-se A Comunidade Tempos de Israel.

Por apenas US $ 6 por mês, você pode ajudar a apoiar nosso jornalismo de qualidade enquanto desfruta do The Times of Israel ANÚNCIO GRÁTISalém de acessar conteúdo exclusivo disponível apenas para membros da comunidade Times of Israel.

READ  Turistas portugueses devem apresentar teste Govt negativo ou prova de vacina para se hospedar em hotéis

Obrigada,
David Horovitz, editor fundador do The Times of Israel

Junte-se a nossa comunidade

Junte-se a nossa comunidade

já é um membro? Faça login para parar de ver isso

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
O Porta Voz